MENU

Conteúdo para aprimorar seus conhecimentos >> conteúdo para vestibulandos!
Conteúdos - aprimore seus conhecimentos sobre o vestibular
 
Entrevista com Professora de Redação, Suzana Luz

 

Entrevista com Professora de Redação, Suzana Luz

O Canal do Estudante entrevistou a professora Suzana Luz.

Formada em Letras – Língua Portuguesa e Literatura, além de Língua Inglesa, a professora falou sobre a importância de uma boa organização durante o período do vestibular e deu algumas dicas. 

Confira aqui a entrevista: 
Canal do Estudante: Em que se focar quando resta pouco tempo para estudar?
Professora Suzana: Quando resta pouco tempo, o interessante é buscar aprofundamento naquilo que já está engatilhado. Deve o aluno investir naquela disciplina que lhe é familiar. Então, aquele que se destaca na Matemática, deve aprimorar-se nela. Ao contrário, aquele que nunca se interessou por História, não deve focar-se nesta matéria.
Entretanto, cabe fazer uma ressalva. Imagine um jovem que vá prestar vestibular em uma universidade em que autores da literatura regional estão selecionados. É um bom caminho fazer uma leitura que o leve a entender ao menos o básico daqueles escritores. Isso não é demais. 
Mas ainda insisto que o aluno deve investir naquelas matérias que ele domina, em se tratando de pouco tempo para estudar.

Canal do Estudante: Cuidar da saúde conta para uma boa prova?
Professora Suzana: A saúde, em geral, é elemento importantíssimo para a realização de uma boa prova. Para estar bem fisicamente, o candidato deve se preocupar com tal quesito, tanto quanto o faz em relação ao preparo para a prova em si.
Para início de conversa, não é só na véspera do vestibular que deve haver preocupação quanto à alimentação. Ter hábitos saudáveis, manter a higiene e cuidar da saúde são práticas que demonstram o equilíbrio do estudante, o que – geralmente - se desdobra em sua performance em provas.

Canal do Estudante: É importante fazer cursinhos?
Professora Suzana: O “cursinho preparatório” é importantíssimo por várias razões: tem pessoal capacitado para auxiliar o aluno nas diversas disciplinas; ajuda o vestibulando a entender e adaptar-se às provas das variadas universidades; insere o estudante no universo da concorrência que o mesmo irá enfrentar; auxilia-o a ganhar ritmo de estudo.
A única ressalva a fazer é quanto ao ensino integral, ou seja, aquele em que o jovem é submetido a uma jornada que vai das sete da manhã até às 18 horas. Louvável a iniciativa da família em manter o filho em um turno desta duração. Entretanto, é preciso que haja um momento para o estudo individual, aquele em que o aluno se depara com as dificuldades e as enfrenta sem o auxílio alheio. 
A ausência de tais momentos pode levar familiares e estudante a uma grande frustração.
Outra preocupação deve ocorrer em relação à formação acadêmica do professor que atua nos cursos preparatórios, pois não há exigência legal quanto a isto, tanto que há engenheiro que dá aula de Física, advogado que ministra História, médico que se aventura no ensino de Biologia... Particularmente, não me submeteria a um “dentista” que fosse formado em Letras... Se é que vocês me entendem.

Canal do Estudante: Estudar sozinho é melhor para a concentração?
Professora Suzana: Há o momento certo pra se estudar sozinho: em casa ou na biblioteca, oportunidade na qual o estudante vai detectar a dúvida, elaborá-la e saná-la junto ao orientador. Sem esse percurso, o candidato pode estar sempre à mercê do ritmo do professor ou das perguntas dos concorrentes. O resultado pode levar a um alheamento em relação às disciplinas.
No entanto, o estudo em grupo, desde que ocorra em sintonia entre seus membros, pode ser grande auxiliar no amadurecimento do aluno, uma vez que é a oportunidade de estudar com aqueles que falam uma linguagem mais próxima. 
O aconselhável é que o aluno se utilize tanto do estudo em grupo, quanto do individual.

Canal do Estudante: É importante criar uma programação?
Professora Suzana: A juventude é momento de investir, não só em estudo... É importante namorar, viajar, aproveitar a família, dançar... pois esse tempo não volta... 
Por isso, fazer uma programação é muito importante. Acredite! Dá pra fazer muita coisa, quando se está organizado. Assim, é muito produtivo reservar os horários e determinar quantas horas de sono terá, quais dias e horários da semana estarão reservados para o lazer, para a família, para o namoro, para a internet, para os estudos em grupo, para os estudos individuais.
A vida deve ser desfrutada plenamente.

Canal do Estudante: Como se preparar antes das provas?
Professora Suzana: Todos já sabem que os conhecimentos do aluno são construídos logo desde cedo. Essa idéia já se tornou jargão de propagandas das mais diversas instituições de ensino. Entretanto, o que fazer com os que não tiveram o devido preparo? É uma pergunta fácil de ser respondida, mas se torna difícil na hora da prática. 
Digo isso, pois o aluno, para estar bem provido, deve buscar uma rotina de estudos – que inclui freqüência às aulas, prática de redação e, sobretudo, leitura sistemática dos mais variados textos.
Além de tais requisitos, deve-se verificar o aspecto psicológico. Não adianta uma bateria diária de teoria, se não há o devido controle emocional, a requerida calma para poder avaliar uma pergunta, saber como respondê-la de maneira natural e centrada.
Enfim, está preparado o aluno que estudou e que sabe controlar a ansiedade e nervosismo que são típicos de um momento de prova.

Canal do Estudante: Como se comportar na hora da prova?
Professora Suzana: Deixo para os psicólogos uma resposta mais precisa para a questão. Mas, em termos práticos, percebo que há alunos que olham para a prova como que para um castigo. Já começam errado.
A prova é o que o próprio nome indica: a constatação objetiva do domínio de determinado conteúdo. Não se pode maldizer a sorte, ou pensar mal de quem elaborou o teste. Ao contrário, deve-se enfrentar a situação com a honra de quem fez todo o possível para se sair bem: estudou, freqüentou assiduamente a sala de aula, tirou dúvidas, redigiu, leu, assistiu a programas instrutivos...
Mas para quem não fez nada disso, não resta outra coisa a não ser chorar. 

 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

WebVestibular - O Site do Vestibulando - O Vestibulando em primeiro lugar! Desde 07/2000

Topo

.