MENU

 Notícias >> As principais notícias de Vestibular
A notícia que você procura está aqui!
 
 Ensino a distância é destaque no último censo do INEP
 

 

 

Ensino a distância é destaque no último censo do INEP 

Segundo os últimos dados do Censo da Educação Superior, divulgado em dezembro de 2007 pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), o ensino a distância (EAD) cresceu 571% no país. Os dados mostram também que, de 2003 a 2006, o número de cursos passou de 52 para 349. Além disso, em 2005, os alunos de EAD representavam 2,6% do universo dos estudantes, enquanto em 2006 essa participação passou a ser de 4,4%. 

O EAD começou a se firmar em 1997, quando foram ofertados os primeiros cursos de pós-graduação. O credenciamento oficial por parte do governo federal, incluindo-se aí o surgimento das primeiras disciplinas de graduação, porém, se deu apenas entre 1999 e 2002. 

O crescimento do número de estudantes em cursos de educação a distância também superou expectativas. Eles passaram de 49 mil em 2003 para 207 mil em 2006, aumento que corresponde a 315% de acordo com estimativas do MEC (ministério da Educação). 

Para a ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância), isso se deve a algumas vantagens que estão ligadas às facilidades oferecidas pela maior flexibilidade com relação a horários e lugares, por exemplo. 

Entre as instituições que mais se destacaram na categoria estão Universidade Federal de Lavras (UFLA) de Lavras, Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Fundação Getulio Vargas de São Paulo, Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ, entre outras. Na UFLA, por exemplo, a pós-graduação especializou cerca de 20 mil profissionais em todo o Brasil e no exterior, capacitando-os em segmentos que vão desde a tecnologia da cachaça a redes de computadores. 

A universidade, que conta hoje com mais de 8 mil alunos matriculados, oferta de pós-graduação Lato Sensu a distância é um dos referenciais da universidade, sendo a primeira instituição de ensino superior do país a obter o credenciamento do Ministério da Educação (MEC), diz Dalton de Souza, gerente da Coordenação. 

Como escolher 
Escolher um bom curso para aprender a distância não é tão complicado. Seguindo algumas orientações básicas fornecidas pela própria ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância) você estará apto a fazer sua escolha. 

Primeiro colha impressões de alunos atuais e ex-alunos do curso; caso você não tenha contato com nenhum, solicite aos responsáveis dos cursos pretendentes, indicações de nomes e contato (não será nenhum incomodo para eles). 

Verifique a instituição responsável, sua idoneidade e reputação, bem como dos coordenadores e professores do curso; Confira ou solicite informações sobre a estrutura de apoio oferecida aos alunos (suporte técnico, apoio pedagógico, orientação acadêmica, etc). Geralmente as boas instituições adoram falar a respeito desse assunto. 

Verifique também se você atende aos pré-requisitos exigidos pelo curso; avalie o investimento e todos os custos, diretos e indiretos, nele envolvidos; 

Por fim, para o caso de cursos que conferem titulação, solicite cópia ou referência do instrumento legal (credenciamento e autorização do MEC ou do Conselho Estadual de Educação) no qual se baseia sua regularidade. 

Traço Leal Assessoria de Comunicação - Bruno leal

 

Veja também:

Vídeo Aulas de Vestibular
Conheça melhor o PROUNI
Geografia e História dos Países
Fique por dentro: Revisão de Atualidades
 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

WebVestibular - O Site do Vestibulando - O Vestibulando em primeiro lugar! Desde 07/2000

Topo

.