MENU

 Revisão >> Revisão das principais matérias do Vestibular
Revisão de Física - Albert Einstein
 
Einstein muda a Física Moderna
 
 

 

Einstein muda a Física Moderna

"A mais profunda emoção que podemos experimentar é inspirada pelo senso de mistério". Albert Einstein

O estudo da física moderna pode ser bem frustrante, principalmente porque as teorias de relatividade e da mecânica quântica, quando vistas pela primeira vez, causam uma certa perplexidade e parecem contradizer nosso bom senso. Parecem absurdos e mais absurdos, mas tudo tem sua explicação científica, e razoavelmente bastante complexa. 

Veja algumas das idéias que irmos discutir a seguir: 

1) um objeto em movimento sofre uma contração de seu comprimento na mesma direção em que se move; 
2) um relógio em movimento bate mais devagar; 
3) massa e energia podem ser convertidas entre si; 
4) não podemos determinar se os constituintes da matéria são ondas ou partículas; 
5) ao observarmos um sistema físico influenciamos seu comportamento; não existe separação entre observador e observado; 
6) a presença de matéria deforma a geometria do espaço e altera o fluxo de tempo; 
7) não podemos determinar a posição de um objeto, apenas afirmar a probabilidade de ele estar aqui ou ali. 

Parece ficção ou alguma frase do filme "De volta para o Futuro", não parece? 
Entretanto, na medida do possível, iremos discutir cada idéia mais adiante. 

Infelizmente, o bom senso não nos ajuda muito a lidar com esses fenômenos. Isso torna as coisas difíceis, porque tendemos a nos basear no bom senso quando nos relacionamos com o mundo à nossa volta. Einstein define bom senso como "conjunto da todos os preconceitos que adquirimos durante nossos primeiros dezoito anos de vida". 

O dicionário Webster define como "as opiniões de homens comuns", ou "julgamentos sólidos e prudentes mas, em geral, não muito sofisticados". Alternativamente, podemos dizer que o bom senso resulta do contato repetido com certas situações, sejam elas no nível emocional ou físico. 

De modo geral, a física clássica lida com situações mais palpáveis, como a lei da inércia (primeira lei de Newton), ou sobre as observações de Galileu sobre o movimento dos corpos em queda livre, que com um pouco de esforço, não é tão difícil de compreendermos que esses resultados fazem sentido. 

No entanto, as coisas não são assim com a física moderna. À primeira vista, fenômenos relativísticos ou quânticos parecem bizarros porque estão muito além da nossa realidade imediata. Isso porque lidamos, neste caso, com objetos de escala atômica, ou não mais leves que estrelas e velocidades comparadas com a velocidade da luz. 

Nossa visão do mundo natural, portanto, é bastante limitada. Com mentes abertas, o que antes parecia não fazer sentido torna-se fascinante. 

 

<<< Voltar

 

 
 Página Principal

Fale Conosco | Anuncie Aqui | Cadastro | Notícias | Home



 

WebVestibular - O Site do Vestibulando - O Vestibulando em primeiro lugar! Desde 07/2000

Topo

.